pexels-photomix-company-218717

Google Title Tag Update: veja atualização sobre desenvolvimento de títulos que aparecem na SERP

No fim de agosto, o porta-voz de pesquisa do Google, Danny Sullivan, confirmou o lançamento do Google Title Tag Update, atualização que reestrutura o desenvolvimento de títulos para os resultados de pesquisa no buscador. 

A intenção do Google é adaptar o nome de títulos de artigos para otimizar as pesquisas. Com o lançamento do novo recurso, o Google busca refinar o seu sistema de desenvolvimento de títulos. 

Para os profissionais de SEO, o Google Title Tag Update pode ser uma alternativa de otimizar as métricas de tráfego orgânico em sites.

O que é o Google Title Tag Update? 

Os títulos são definidos pela tag <title> no HTML de uma página. Isso fica visível para todos os internautas ao acessarem o site diretamente por um navegador ou ao fazerem uma pesquisa sobre um tema relacionado ao conteúdo no Google. 

Desde 2012, o Google substitui e adapta alguns títulos de páginas na web nos resultados de busca. Isso acontece quando os títulos definidos na tag <title> no HTML não são considerados bons para as SERP (páginas de resultados de buscas). 

Para redefinir um título, o Google busca informações no HTML da página e tenta adequá-lo ao conteúdo, buscando uma definição de acordo com a intenção de busca dos usuários. 

Com o Google Title Tag Update, o sistema de definição de títulos passará por um aprimoramento substancial. Com a atualização, o título deixa de ser definido com base nas pesquisas feitas por usuários, para ser redefinido com base no conteúdo da página da web. 

Mesmo sendo confirmadas apenas no final de agosto, as mudanças já eram notadas por profissionais de SEO de todo o mundo. 

Como os títulos são redefinidos pelo Google Title Tag Update? 

A atualização do Google Title Tag Update não utiliza mais apenas as tags HTML da página. Agora, os títulos podem ser definidos com base em outros trechos de texto do conteúdo da página. 

De acordo com Sullivan, fatores como heading tags, títulos e subtítulos de artigos e outros trechos do texto podem ser utilizados para o desenvolvimento de títulos nos resultados de busca. 

Alguns profissionais de SEO ainda acrescentaram mais fatores para definição de títulos com a nova atualização. 

A consultora de SEO americana Lily Ray compartilhou em seu perfil no Twitter que notou uma substituição em um artigo feito com base no link de âncora de um link interno colocado no artigo. 

Por que o Google modifica títulos nos resultados de busca? 

Danny Sullivan também ressaltou alguns dos fatores que levam o Google a substituir títulos definidos pela tag <title> no HTML. Segundo Sullivan, nem sempre a tag define bem o conteúdo da página.

Alguns dos motivos fazem com que o Google busque alternativas para adaptar os títulos nos resultados de busca são: 

  • Títulos longos demais;
  • Acúmulo de palavras-chave (keyword stuffing);
  • A ausência de tag <title>;
  • O padrão repetitivo.

A intenção do Google com a atualização é produzir títulos legíveis e acessíveis para todas as páginas. Então, um título muito longo pode ser trocado por um trecho do texto ou até mesmo pelo próprio nome do site. 

Mesmo com as mudanças, que são bastante significativas para quem trabalha com SEO, Sullivan esclarece que ainda é muito importante definir bons títulos para as páginas de um site. 

Estudos apontam que um bom título é um dos principais fatores para aumentar o CTR (taxa de cliques) de uma página. Isso é essencial para obter bons resultados orgânicos. 

Sullivan ainda ressaltou que os títulos são muito importantes, já que o Google só modifica os títulos que não são relevantes. Logo, quanto melhores são os títulos, menos mudanças acontecem. 

A estimativa de Sullivan é que em 80% dos casos o título usado nas SERP são os definidos pela tag <title> no HTML da página. 

Texto: Gustavo Marques

Tags: No tags

Leave a Comment