artem-gavrysh-698535-unsplash

Tudo o que você precisa saber antes de abrir uma loja

Ter o próprio negócio, é o sonho da grande maioria de pessoas, entretanto, ser um empreendedor não é para qualquer um. Antes de realizar o investimento para abrir uma, é recomendável que reflita sobre habilidades e perfil comportamental.

Escolher um setor especifico de negócio é o primeiro passo para quem deseja construir o próprio estabelecimento. Ficar atento as barreiras e ter noção se o perfil combina com o tipo de mercado desejado são algumas questões que devem ser consideradas pelo empreendedor.

Para tirar a ideia do papel e transforma-la em realidade, é necessário, antes de mais nada, ter um planejamento e definir as metas para empresa.

A definição das metas e objetivos ajudará o empreendedor a identificar e aplicar os recursos disponíveis, como tempo e dinheiro, e usá-los de acordo com a necessidade no negócio.

É importante se atentar a alguns detalhes antes de realmente colocar a mão na massa, como por exemplo:

  • Ponto comercial;
  • Público-alvo;
  • Conhecimento sobre o mercado;
  • Definir um nicho, entre outros.

Ponto comercial

Dependendo do tipo de empresa, o ponto comercial tem grande importância para o sucesso do empreendimento. A escolha correta de ponto comerciai, para lojas de rua e também para shoppings, pode fazer com que as chances de sucesso aumentem significativamente.

Ao iniciar a busca pelo ponto correto, faça uma lista com os itens necessários e mais importantes a serem analisados, como a acessibilidade, quantidade do fluxo de pessoas, segurança, entre outros.

Entender o que ocorre ao redor do lugar é fundamental para entender se se adequa às necessidades do negócio. Por exemplo, para algumas opções de negócio estar em local de fácil acesso pode fazer toda a diferença.

Além disso, outro aspecto que merece atenção é o aspecto físico da loja, ou seja, a aparência. Se atentar a decoração da loja faz toda a diferença pois tem a função de atrair o publico para dentro do estabelecimento, afinal, não adianta se preocupar com todos os detalhes, mas deixar de lado o que é mais importante, o cliente.

A fachada de vidro comercial precisa ser bem-disposta para que os produtos ou objetivos da loja fiquem claros e o consumidor consiga visualizar o conteúdo de forma prática e fácil.

Evitar a poluição visual e o excesso de produtos é fundamental para o sucesso visual do estabelecimento. Uma fachada bem planejada pode contribuir significativamente para o negócio.

A iluminação é outro aspecto importante e deve ser bem programada e calculada, afinal uma iluminação errada pode dificultar ou não favorecer a visualização dos produtos, evitando que o cliente tenha interesse em entrar na loja.

Esses aspectos, são aplicáveis para todo tipo de negócio, independentemente do tamanho, inclusive para fachadas de lojas pequenas.

Público-alvo

Nessa etapa é necessário conhecer o público-alvo e suas necessidades para o nicho do negócio. Você deve saber que os futuros clientes não querem apenas adquirir produtos, mas buscam soluções eficientes para o que desejam e procuram.

Identificar as características gerais, como por exemplo gênero, faixa salarial, faixa etária local onde moram, e etc. São fatores fundamentais para conhecer e conseguir aplicar as necessidades do seu foco de clientes às modalidades da empresa.

Uma maneira interessante de fazer esse trabalho é através da contratação de uma auditoria. A auditoria é um processo que avalia a qualidade de um determinado método de trabalho forma sistemática e independente.

Pode ser realizada por uma equipe dentro da empresa ou por um profissional terceirizado, contratado para a atividade ou ainda até mesmo uma empresa especializada em auditoria.

Como uma ferramenta moderna de gestão e com relevância, a auditoria se destaca pelas vantagens que proporciona, podendo ser dividida em vários tipos de auditoria que possibilitam uma avaliação de qualidade da empresa, assim, consequentemente, permite o aperfeiçoamento de serviços e produtos.

A auditoria de segunda parte, por exemplo, é quando uma determinada organização examina seus próprios sistemas e atividades determinando assim se são adequados e estão sendo atendidos.

Definir um nicho

Nessa parte, o empreendedor vai identificar o tipo de segmento que deseja atuar e verificar as necessidades do negócio, não só necessidades da loja em si mas também o acesso a matéria prima para os produtos.

No caso de um negócio de joias e bijuterias, conseguir as matérias primas adequadas e de qualidade são fatores essenciais para o sucesso no empreendimento.

A compra de materiais como alicates, pingentes, correntes, base para brinco, entre outros, tem muito peso para o resultado final.

Encontrar um fornecedor adequado é muito importante para garantir produtos de qualidade e que façam o cliente sentir interesse e posteriormente voltar a consumir esses itens, independentemente do tamanho dos produtos, como por exemplo base para brinco grande.

Leave a Comment