Assessoria-pessoal-financeira

Passo a passo para declarar uma microempresa

Você que é empreendedor e está querendo declarar sua microempresa, precisa saber de algumas coisas essenciais, que podem ajudar. Todo microempreendedor precisa declarar IR MEI, isto é, separar os lucros da microempresa e os ganhos como pessoa física.

MEI, nada mais é do que a sigla para Microempreendedor Individual, ou seja, uma pessoa jurídica e com CNPJ.

Mas quem deve declarar o IR? Segundo reportagem feita pela Revista Época, empresários com rendimentos de MEI maiores que 40 mil reais de remuneração anual, são obrigados a fazer declaração de IR.

Como faz para declarar IR MEI?

É preciso prestar atenção a um quesito: o titular da MEI que vai fazer a declaração de imposto de renda (IR) como pessoa física, não pode deixar de colocar seus dados de pessoa jurídica.

O site do Sebrae conta como executar alguns passos, confira-os:

1. É preciso calcular o lucro evidenciado da empresa, ou seja, pegue a receita total bruta do ano e subtraia com as despesas do ano todo (água, telefone, entre outros). Esse valor será usado em outros cálculos;

2. É necessário calcular a parcela isenta, isto é, a parte da receita que não será tributada. O percentual varia de negócio para negócio;

3. Para o percentual é necessário que 8% da receita bruta seja destinada para comércio, indústria e transporte de carga, 16% é para transporte de passageiros e 32% para serviços em geral;

4. Guarde o valor da parcela isenta, ele será usado para preencher o espaço “Rendimentos Isentos – lucros e dividendos recebidos pelo titular” na hora de declarar;

5. Agora é o momento de calcular a parcela tributável do lucro (o rendimento tributável). Modo de fazer: lucro evidenciado (1º passo), menos a parcela isenta (2º passo);

6. Guarde o valor da parcela tributável, será usado no futuro. Ele será usado para preencher a seção “Rendimento Tributável Recebido de PJ” na hora da declaração imposto de renda.

Seguindo esses passos, será possível declarar o IR MEI de sua empresa. Além disso, para conseguir ter sucesso no mundo empresarial, é necessário estar amparado pelos melhores profissionais.

Conte com os melhores profissionais

O mundo dos negócios, está sempre alinhado com o mundo financeiro e para ter sucesso no âmbito empresarial, é necessário contar com os melhores profissionais.

Também é preciso saber quem é necessário e quem não é. Uma assessoria financeira pessoal, é de grande utilidade para quem está iniciando sua empresa.

Os assessores financeiros são os responsáveis por administrar o dinheiro e o rendimento da sua empresa, de forma segura e organizada.

Ou seja, são eles que vão criar e desenvolver os melhores planos de investimento no mercado, organizar as finanças e melhorar o que estiver errado em relação ao dinheiro.

Saiba mais sobre a importância da gestão financeira

A principal função de uma empresa de assessoria financeira, é planejar e cuidar das finanças, criando planos de ação que ajudarão você e/ou sua empresa à render da melhor forma possível.

Portanto, eles têm como principal função, te ajudar a canalizar e fazer com que o dinheiro renda mais. É de extrema importância ter pessoas de confiança para fazer a sua gestão financeira.

Há duas formas desse tipo de serviço ser cobrado, por isso o valor costuma variar. Vamos a elas:

  • Valor fixo: nessa forma, os contratados e o contratante estabelecem previamente os tipos de serviços, que serão necessários e firmam um valor fixo ou mensal;
  • Honorários: essa outra maneira de pagamento, permite o acordo do valor pelas horas que o profissional irá demandar para analisar e planejar as finanças, mais as horas de consultoria, sejam elas por telefone, e-mail ou presencial.

O blog Guia Bolso contém todas essas e muitas outras informações sobre esse assunto. Empresas de contabilidade, podem ser uma boa solução para quem precisa de um plano de ação financeiro.

O site do Instituto Coaching Financeiro ajuda a entender melhor o conceito da contabilidade. Contabilidade financeira, é um campo para quem possui empresas e precisa de uma ajuda no lado financeiro.

Esse campo é responsável por fazer resumos, análises e relatórios das transações financeiras de uma empresa ou microempresa. Uma empresa de contabilidade financeira, não se envolve apenas com o dinheiro.

Ela precisa entender o cliente e só dessa maneira, conseguirá desenvolver planos estratégicos para os gestores, acionistas, proprietários e investidores.

Porém, quem não mora na capital ou possui empresa em outras cidades do estado, pode encontrar um escritório de contabilidade em Mauá e outras regiões, por exemplo.

As boas empresas de contabilidade financeira, estão espalhadas por toda a cidade de São Paulo. Crie sua empresa e contrate pessoas que o ajudem a fazer seu negócio crescer!

Leave a Comment