coworking

O que é coworking e quais são seus benefícios?

Por conta da crise econômica e das demissões em massa que ocorreram principalmente entre 2015 e 2016, muitos profissionais bons foram deslocados do mercado de trabalho.

No entanto, ao mesmo tempo, muitos empreendedores surgiram com vontade de enfrentar a crise e apostar em novos modelos de negócio.

Um dos novos modelos que surgiu e tem ganhado força potencial é o coworking. Se ficou curioso para obter mais detalhes sobre esse assunto ou descobrir sobre o que se trata, não deixe de conferir nesse artigo!

Você já ouviu falar em coworking?

O coworking consiste em uma técnica de ambientes compartilhados, ou seja, a pessoa possui um empreendimento com salas e nelas é possível ocorrer a divisão de vários tipos de escritório.

Nessa divisão, a sala pode ser locada por diferentes segmentos e modelos de negócio, podendo ocorrer, por exemplo:

  • Aulas de dança ou idiomas;
  • Oficinas;
  • Palestras;
  • Cursos;
  • Reuniões.

Ou seja, em um espaço é possível apostar em inovação e compartilhamento de negócios. Basicamente a técnica consiste na locação de salas hora por pessoas que desejam começar seu próprio negócio dentro dessas salas.

Todo o contrato é firmado por horas que a pessoa utilizará, dias da semana, quantidades no mês, sem aquela necessidade de realizar uma locação por 1 ano, para não pagar multa.

Ou seja, esse é uma fase experimental para diversos empresários com o objetivo de testar se o seu negócio dará certo e será aderido pelo público.

Mas, quais são os benefícios?

Existem diversas vantagens em apostar em uma sala comercial compartilhada. Primeiro, do ponto de vista do dono do estabelecimento, ele consegue montar um espaço rotativo, com diversos modos de locação do mês, o que aumentaria muito sua renda.

A proposta do coworking também consegue atrair mais clientes e investimento para o seu negócio, já que não existe a ideia de contratos longos demais.

Por parte do cliente que realizará a locação, ele consegue ministrar suas aulas, curso ou até mesmo funcionar seu escritório de forma assertiva, sem a dor de cabeça de ter um contrato de 1 ano para pagar, sob risco de multa.

Ou seja, esse é um modelo versátil que consegue dar oportunidade a vários segmentos em um, trazendo mais visibilidade para sua galeria ou negócio.

Isso porque, locais com maior rotatividade e negócios atraem mais os clientes que desejam encontrar tudo em um só local.

Ainda, essa sala comercial pode contar com uma estrutura nova e criativa, por meio da instalação de quadros, ar condicionado ou ventilador, cadeiras e mesas (caso uma oficina ou palestra seja dada), assim como uma boa iluminação no local.

O espaço pode contar também com rede wi-fi e ainda um sistema técnico de informática.

Além disso, existem outros pontos de vantagens que podemos destacar como o fato do compartilhamento ser muito mais sustentável, e esse modelo apresentar uma redução de custos para ambos os lados, tanto para o proprietário como para o locatário.

Outro detalhe bastante interessante se refere à criação de contatos, como um verdadeiro networking, onde é possível captar clientes de outros segmentos para o seu negócio.

Organização do local

Com as salas locadas por diferentes pessoas e em diversos horários, é possível estabelecer também uma organização em relação ao atendimento dos clientes, para que os mesmos não se sintam desorientados.

Geralmente, acontece como em um negócio comum, quando existe uma recepção, no qual, os clientes conseguem obter informações tanto sobre os cursos e ações que são realizadas como também descobrir como locar o espaço, caso deseje realizar alguma atividade.

Outra dica para contribuir com a organização é por meio do uso de totem senhas, nos quais, o atendimento é feito por ordem de chegada.

Geralmente, esse é um modelo de atendimento mais justo, que funciona, mas claro, mantendo as preferencias estabelecidas por lei, por exemplo, no caso de gestantes, de idosos e pessoas com crianças de colo.

Com organização e uma boa estratégia de marketing para contribuir na divulgação do espaço assim como suas atividades, é possível atrair a visibilidade tanto de clientes para realizar a locação das lojas e salas assim como clientes para participar das atividades que serão feitas.

É uma ação rotativa, com mais parceria, buscando entender as necessidades do outro e da comunidade onde o escritório é montado.

Leave a Comment