sistema de segurança virtual

Entenda sobre a segurança patrimonial

A vigilância patrimonial se divide em muitas vertentes e uma delas é a segurança patrimonial em hospitais. Essa modalidade de segurança patrimonial possui como um objetivo claro e definido a proteção da integridade física do patrimônio dos hospitais e unidades médicas, a fim de permitir o seu pleno funcionamento.

Para entender a segurança patrimonial para hospitais de maneira mais clara, devemos primeiramente compreender o que é a segurança patrimonial exatamente.

O que é segurança patrimonial?

De maneira sintética, a segurança patrimonial é um conjunto de processos, normas e medicas práticas de segurança, que permitem que o patrimônio de alguma instituição seja resguardado de danos, perturbações e interferência. Isso para garantir a incolumidade física tanto das pessoas como do patrimônio.

O prestador de serviços em segurança patrimonial para hospitais deve executar medidas de segurança adequadas a cada setor do hospital.

Desse modo, a segurança é o principal alvo, de modo a inibir qualquer tentativa ilícita de degradação, ou dano, ou mesmo tentativas de vandalismo.

Por esse motivo que a SP (segurança patrimonial) atua para ajudar na segurança do trabalho hospitalar e, ao mesmo tempo, permitir um ambiente acolhedor.

A importância da segurança patrimonial hospitalar

A atuação da segurança patrimonial dentro dos hospitais e unidades médicas é criar um sistema de segurança que evita o causamento de danos tanto materiais como financeiros a esses locais.

Assim, os profissionais desse ramo trabalham em constante atenção e fazem planejamento adequado para que a segurança seja realizada.

A segurança patrimonial dentro dos hospitais tem como alvo de suas ações o controle de acesso dentro do hospital, entrada e saída. Também pode ser chamada em alguns casos para evitar conflitos, já que possuem treinamento adequado para tratar conflitos com humanização e gentileza.

Objetivos da segurança patrimonial:

  • Controlar o tráfego de pessoas e materiais;
  • Proteger o patrimônio e as pessoas que frequentam o local;
  • Passar tranquilidade para os pacientes e demais usuários;
  • Planejar os sistemas de segurança do ambiente.

Para garantir a segurança total do hospital, a segurança patrimonial lida com uma equipe treinada de diversos setores de segurança, desde policiais, seguranças terceirizados e bombeiros.

Mais ainda, é extremamente necessário que a edificação possua um clcb corpo de bombeiros sp, que afirma a qualidade e a confiabilidade do serviço além de garantir que a estrutura conta com todas as ferramentas para prevenção e combate ao incêndio.

A atuação da segurança patrimonial hospitalar

O hospital é uma instituição em que seu funcionamento é complexo, englobando uma série de serviços que vão de lavanderia, restaurantes, atendimento com o público e etc.

O hospital tem um fluxo de pessoas intenso e muito variados, que vão de pessoas que possuem diferentes culturas, poderes aquisitivos, além dos médicos, enfermeiros e prestadores de serviços.

Por isso a atuação da segurança envolve a prevenção de furtos de medicamentos, desaparecimento de clientes, roubo de crianças e é muito importante para o pleno funcionamento deste local. Além disso, a segurança patrimonial garante e preserva a estrutura e os imóveis do local.

Por isso, a segurança hospitalar patrimonial é feita por meio do:

– Controle dos acessos tanto de colaboradores, pacientes, acompanhantes, médicos e enfermeiros;

– Organização e controle dos estacionamentos internos e externos;

– Intervenção em casos de conflitos;

– Controle das chaves e dos crachás;

– Atendimento ao público em geral;

– Rondas periódicas tanto periféricas como internas.

Todos os serviços patrimoniais lidam também com a atenção dos colaboradores com acessórios de segurança como óculos de proteção individual, tampões de ouvidos e outros epis (equipamentos de proteção indivudual). Isso porque o maior patrimônio de um hospital é o colaborador.

Medidas de segurança patrimonial

Um planejamento de segurança patrimonial inclui medidas de segurança que serão implementadas de forma direta no hospital. As medidas de segurança tem diversos tipos de modalidades, podendo ser divididas em alguns grupos como:

  • Medidas administrativas e organizacionais;
  • Medidas de Inteligência (segurança da informação);
  • Medidas de Segurança eletrônica (como controle de ponto e acesso a lugares restritos);
  • Medidas de segurança física.

As medidas administrativas recaem sobre o funcionamento da segurança patrimonial, como:

  • Planejamento tático sobre a segurança patrimonial;
  • Procedimentos internos e normas de segurança;
  • Treinamentos e procedimentos internos de segurança.

As medidas de inteligência são o desenvolvimento dos:

  • Processos de avaliação dos riscos;
  • monitoramento de ações criminosas;
  • Investigação de denuncia.

Com isso, trabalhando todas essas ações de forma conjunta, a segurança patrimonial assegura a tranquilidade e a integridade das pessoas e dos locais.

Além dessas medidas é possível ainda destacar ações de segurança eletrônica que envolvem um circuito fechado de tv e controles de acesso eletrônicos. Além disso, como toda estrutura, para garantir a segurança física são a colocados obstáculos físicos para proteger os indivíduos como os muros e as grades.

Leave a Comment