decoração (4)

Dicas para ter uma casa mais sustentável

O avanço das mudanças climáticas está cada vez mais visível e o alerta dos cientistas é claro: torna-se urgente repensar a forma como vivemos no planeta. A vida sustentável é uma das chaves dessa mudança e ela pode (e deve) começar dentro de casa.

Você já deve ter visto alguma dessas casas tecnológicas e totalmente sustentáveis. Mas você sabia que não é preciso gastar muito ou fazer mudanças estruturais complexas para começar a fazer a sua parte? 

Mudar alguns hábitos e preferir materiais ecológicos da próxima vez que for a um homecenter já fazem a diferença. Já entendeu que deveria fazer algo, mas não sabe o que? As dicas dessa lista são bons pontos de partida.

Cuide do seu lixo

A destinação dos resíduos é um problema sério. Na maioria das cidades, o lixo vai para aterros, locais que liberam grande quantidade de gás metano. Separar o lixo reciclável do orgânico já ajuda bastante, pois diminui a quantidade de material nesses lugares.

Se possível, dê alguma destinação também ao seu lixo orgânico. Você pode fazer uma composteira caseira, por exemplo, e usar os restos de comida da sua família para adubar as plantas.

Escolha seus produtos

Outra forma de gerar menos lixo é evitando as embalagens plásticas. Você pode fazer isso comprando produtos de higiene pessoal e limpeza doméstica em refis e que tenham embalagens recicladas (ou recicláveis), por exemplo.

Além disso, é uma boa ideia preferir fórmulas que não contenham ingredientes tóxicos. No mercado, há várias opções ecológicas, pensadas com esse propósito. 

Outra solução é fazer seus próprios produtos, com ingredientes como álcool e sabão de coco, que não são tão agressivos para o meio ambiente.

Troque as lâmpadas

Uma boa forma de economizar energia dentro de casa é trocar as lâmpadas convencionais por modelos de LED, que consomem bem menos e duram mais. Elas costumam ser mais caras, mas o investimento é pago com a economia de energia no longo prazo.

Ademais, você pode fazer uso dessas lâmpadas em espaços variados da sua casa, por exemplo, nos seguintes:

  • Sala;
  • Quarto;
  • Cozinha;
  • Banheiro;
  • Área externa.

Essa mudança, certamente, fará uma grande diferença no seu bolso no fim do mês!

Aproveite a luz natural

Durante o dia, é inteligente abrir as janelas e deixar a luz do sol iluminar a sua casa. Além de economizar energia, a luz natural faz bem para a sua saúde física e mental.

Além disso, arejar os ambientes ainda pode ser uma forma de diminuir a dependência de ventilador e ar-condicionado, outra forma de economizar energia.

Tire os eletrônicos da tomada

Sabe aquelas luzinhas que ficam piscando mesmo quando os seus aparelhos eletrônicos estão desligados? Elas também gastam energia. Pode parecer irrisório, mas isso acontece todos os dias, por anos. 

Economize desligando os equipamentos da tomada sempre que eles não estiverem sendo usados.

Compre eletrodomésticos eficientes

Você já ouviu falar em eficiência energética? Ser eficiente significa gastar menos energia. Ao escolher seus eletrodomésticos, verifique o selo Procel, que mostra o consumo. 

Prefira sempre os que indicam menor consumo, especialmente para itens que ficam sempre ligados, como a geladeira.

Reutilize água

Reduzir o consumo doméstico de água também é uma necessidade sustentável. Além de demorar menos no banho, reutilizar é uma boa ideia. A água que você usa para lavar as roupas pode ser usada para limpar o chão, por exemplo. 

Você também pode pensar em um sistema para coletar água da chuva para limpar a área externa de casa ou regar as plantas. É possível fazer projetos eficientes sem gastar muito.

Tenha uma horta

Fazer uma pequena horta em casa pode ser sustentável de várias formas: ajuda a economizar na compra de alguns alimentos e temperos, as plantas absorvem CO2, você pode usar o adubo na sua composteira e reutilizar embalagens de produtos que você compra para a sua casa para fazer vasos.

Converse com sua família

Para viabilizar todas essas mudanças, é essencial conscientizar quem mora com você sobre a importância delas. 

Se você tem filhos, esse também é um jeito de formar uma geração mais consciente e sustentável de que também precisa fazer a sua parte. Busque dados e informações confiáveis para construir seus argumentos.

Leave a Comment