Shopping online concept - Parcel or Paper cartons with a shopping cart logo in a trolley on a laptop keyboard. Shopping service on The online web. offers home delivery.

Criar e-commerce do zero: principais dicas

Criar e-commerce do zero é um processo que exige dedicação dos empreendedores para que ele se torne um sucesso. E, por esse motivo, a maioria das pessoas busca por dicas que sejam eficazes na criação de sua página. 

Existem várias etapas para criar sites, as quais são essenciais para desenvolver algo que agrade você e seu público. Então, antes de qualquer coisa, é importante ter um bom planejamento. 

Para criar um e-commerce do zero, os empreendedores devem definir os seus objetivos, além de escolher a melhor plataforma e métodos para divulgação. Quer saber mais sobre o assunto? Continue a leitura. 

Dicas para criar e-commerce do zero

Saber como iniciar um e-commerce do zero é o primeiro passo para quem pretende iniciar suas vendas na internet. Afinal, além de ter um maior alcance, essa página gera excelentes oportunidades aos empreendedores. 

Segundo dados divulgados pelo Neo Trust, somente no primeiro trimestre de 2021, as lojas virtuais tiveram uma alta de mais de 57% em suas vendas em comparação com o mesmo período de 2020. 

Por serem números realmente expressivos, muitos empreendedores têm interesse em iniciar um e-commerce do zero. Porém, não basta criar uma página bonita, ela deve ser otimizada para agradar e atrair os usuários. 

Por esse motivo, é fundamental conhecer dicas para criar seu e-commerce. Embora não seja um procedimento simples, desenvolver esses conhecimentos é importante para facilitar as etapas de criação. 

1. Tenha um objetivo

Antes de qualquer coisa, para criar um e-commerce do zero, os empreendedores devem ter um objetivo. Lembre-se que ele deve ser alcançável e realista. Essa é a melhor maneira de evitar frustrações ou problemas no decorrer das etapas. 

Em um primeiro momento, é importante pensar em seus objetivos macro. Ou seja, faça pesquisas sobre os seus concorrentes, percebendo como está o seu comportamento na internet, além de suas performances em vendas. 

Assim que você analisar essas características com cuidado, a próxima etapa é definir os seus objetivos. Ou seja, o empreendedor deve ter em mente onde pretende chegar com a sua empresa. 

Para que esses objetivos sejam traçados, é importante estabelecer índices para crescimento. Durante essa etapa, crie uma lista com todas essas características, como: novos produtos ou serviços, assim como novos clientes que pretende alcançar.

Após finalizar essa etapa, os empreendedores devem criar uma lista com seus micro-objetivos. Afinal, são esses pequenos passos que permitem você chegar até seu objetivo final. 

2. Escolha uma plataforma para seu e-commerce

Quando você pensa em criar um e-commerce do zero, vai se deparar com uma variedade de plataformas para ele no mercado. Porém, antes de fazer sua escolha, é importante levar em consideração alguns pontos. 

Em linhas gerais, os empreendedores devem descobrir quais são as funções da plataforma, assim como os planos oferecidos. Afinal, existem vários formatos de integração, como formas de pagamento e envio dos serviços. 

3. Defina quais são as formas de pagamento

Quando estiver planejando seu e-commerce do zero, um ponto de extrema relevância são suas formas de pagamento. Ou seja, a forma como o seu cliente poderá pagar pelo seu produto ou serviço. 

Existem alguns critérios importantes que devem ser definidos antes de sua escolha. Especialistas recomendam que a sua loja virtual tenha o maior número de formas de pagamento possível.

Os empreendedores podem integrar em seu site um gateway de pagamento, por exemplo, o PagSeguro. Essa ferramenta funciona da seguinte maneira: ela recebe os dados de pagamento do cliente, contata as empresas do cartão, processa o pagamento, confirma para o cliente e transfere para a sua conta bancária. 

Além disso, com o PagSeguro, os clientes têm várias opções de pagamento disponíveis. É possível realizar suas transações via cartão de crédito, boleto, PIX, transferência bancária, entre outros. 

4. Crie canais de atendimento 

Os canais de atendimento são extremamente importantes para criar um e-commerce do zero. Porém, antes de criar qualquer plataforma, pense sobre a persona que está buscando por seus serviços. 

Ou seja, você deve pensar onde o seu cliente está, e o que ele utiliza para entrar em contato com a sua empresa. Enfim, existem vários canais que podem ser usados com esse objetivo, como: WhatsApp, Instagram, endereço de e-mail, entre outros. 

É importante definir uma estratégia para se comunicar com o cliente e fazer com que ele volte a fechar negócio com a sua empresa. Acima de qualquer coisa, o seu atendimento deve encantar os clientes. 

Enfim, independentemente do seu público-alvo, é importante que seus canais de atendimento sejam diversificados. Afinal, você deve atender as necessidades dos clientes, e isso só será possível estando onde ele está.

5. Defina seus meios de envio 

Quando estiver planejando o seu e-commerce, as formas de envio devem ser definidas. Em linhas gerais, existem duas maneiras de enviar seus produtos aos clientes, são elas: transportadoras ou Correios. 

Em ambas modalidades, existem vantagens e desvantagens. Embora os Correios tenham o método de envio barato, as transportadoras costumam enviar os produtos em um período menor. Para escolher a melhor opção, leve em consideração suas necessidades.

Leave a Comment