como-e-feito-implante-dentario

Como é feito o implante dentário? Entenda o procedimento

A perda de um dente pode acontecer por várias razões, como cárie avançada, doenças periodontais e traumas ou fraturas acidentais. Mas você sabe como é feito o implante dentário para substituir um dente perdido?

Atualmente, fazer um implante odontológico é um procedimento menos complexo do que anos atrás. E esse serviço tem se tornado cada vez mais solicitado. Segundo a Pesquisa Nacional de Saúde Bucal, até os 28 anos, os brasileiros já perderam cinco dos 32 dentes, em média. 

Conforme a idade avança, falhas dentárias afetam 35% dos adultos com 42 anos, e aos 50 anos essa porcentagem sobe para 50%. Apesar das estatísticas preocupantes, hoje existem tipos de implantes dentários que podem ser feitos para recuperar a saúde bucal.

Continue lendo e entenda como é feito um implante dentário e deixe de lado os mitos sobre esse procedimento.

Como é feito o implante dentário: passo a passo

O implante dentário é considerado um tipo de cirurgia oral. Tendo isso em vista, o procedimento é realizado no consultório do dentista, precisando apenas de uma anestesia local. 

Então, quando por algum motivo um dente ou mais são perdidos, o processo de como é feito o implante dentário começa da seguinte forma:

1. Análise e diagnóstico

Quando se perde um dente, dependendo do caso, é necessário fazer um procedimento para a retirada do restante. Depois disso, através de exames de imagem como radiografias e tomografia computadorizada, o dentista avalia a saúde da cavidade bucal.

É avaliada a condição da gengiva e, principalmente, as condições ósseas que devem estar saudáveis para receber a prótese de dente fixa. 

O implante dentário precisa considerar tanto a base onde o dente será fixado quanto o dente de cima para que o encaixe seja perfeito, permitindo também a mastigação correta.

Em casos específicos pode ser necessário fazer um enxerto ósseo para preparar o osso natural para receber os parafusos para implantes dentários.

2. A cirurgia

Se o paciente é liberado da etapa de análise e diagnóstico, o próximo passo de como é feito o implante dentário é a cirurgia. Atualmente, o implante é feito com carga imediata. Não sabe o que é carga imediata em implantes dentários? Explicamos.

A carga imediata é um dos procedimentos mais atuais quando se trata de reabilitação dentária.

Antes, depois de fazer a implantação da prótese de titânio, era necessário esperar entre três e seis meses pela osseointegração, ou seja, a fixação da superfície de titânio ao osso, com a migração das células ósseas para o metal.

Hoje, com a carga imediata, não é necessário uma espera longa. A colocação do novo dente é imediata e devolve com mais rapidez e naturalidade a harmonia do sorriso, as funções mastigatórias e, claro, a qualidade de vida.

A cor da prótese também é pensada, respeitando a coloração natural dos outros dentes para que não haja diferenciação entre o dente implantado e os dentes naturais. 

Inclusive, o implante com carga imediata pode substituir uma arcada dentária inteira, seja inferior ou superior. Pacientes que perderam todos os dentes ou um conjunto de dentes próximos, entre outros casos, acabam por se beneficiar bastante dessa técnica.

3. Cuidados pós-cirurgia

O processo de como é feito implante dentário não acaba na cirurgia. Depois, o paciente precisa seguir alguns cuidados para ajudar na cicatrização.

A opção pelo tipo de cirurgia com carga imediata ou implante tradicional vai depender do caso do paciente e da indicação do dentista. A carga imediata terá um tempo de tratamento e recuperação mais rápido, ao passo que o implante levará um pouco mais de tempo.

Então, no pós-cirurgia é recomendado os seguintes cuidados:

  • Usar compressas geladas para ajudar na redução do inchaço;
  • Fazer repouso no dia seguinte da cirurgia;
  • Manter uma dieta líquida/pastosa nos primeiros dias pós-procedimento;
  • Tomar a medicação prescrita, se necessário;
  • Fazer a higiene bucal, trocando a escova por uma de cerdas macias;
  • Seguir a indicação do dentista para retorno e avaliação do procedimento.

Lembre-se, procure sempre um profissional habilitado e de qualidade.

Recomendações para implante odontológico

Todo processo de como é feito o implante dentário é recomendado para pessoas acima de 18 anos, pois toda a dentição que possuímos já está completa nessa fase da vida. 

Em pacientes idosos, a etapa de exames, análise e diagnóstico é super importante para avaliar a resistência e a densidade óssea que diminui com a idade. Além disso, é recomendado que o paciente não fume, não tenha bruxismo ou problemas de osteoporose.

Caso, o paciente tenha algum dos quadros acima, a opção de tratamento mais indicada é com a carga imediata, descartando-se a possibilidade de um tratamento convencional.

Quanto tempo leva e qual o valor de um implante de dente?

A parte da cirurgia no procedimento de como é feito implante dentário dura em média uma hora, podendo variar de acordo com o caso de cada paciente.

O valor de um implante dentário varia bastante, pois vários fatores influenciam no cálculo do preço como: a mão de obra do dentista, o tipo de material utilizado (nacional ou importado) e a complexidade do caso.

O mais recomendado é procurar profissionais com experiência e credibilidade no mercado para obter a melhor orientação e um tratamento de qualidade.

Agora que você já sabe como é feito o implante dentário…

Pois bem, chegou o momento de marcar sua avaliação e escolher a melhor equipe para ter um atendimento diferenciado e humanizado. Uma equipe especializada e multidisciplinar faz a diferença, pois pode oferecer a melhor experiência e também os melhores resultados.

Este post foi escrito especialmente para o blog Network e é uma iniciativa do Instituto Maxilo Facial de apresentar como é feito o implante dentário e seus benefícios para a reabilitação dentária dos pacientes.

 

Tags: No tags

Leave a Comment