hands-2847508_1920

Aquecimento dos setores de serviços e produtos infantis

Em termos comerciais e de empreendedorismo, a área da educação infantil e dos seus nichos próprios – especialmente o de venda e aluguel de van, de materiais escolares, de uniforme escolar e até mesmo de creches e berçários – tem crescido significativamente nos últimos anos.

Tal aquecimento do setor ocorre, principalmente, em países emergentes, como é o caso do Brasil. Os países de primeiro mundo e já desenvolvidos apresentam taxas menores de crescimento.

De fato, com a saída das mulheres para o mercado de trabalho, as crianças recém-nascidas passam a contar cada vez mais cedo com serviços de cuidado e de educação fora do âmbito familiar. Esse é, naturalmente, o principal fator de aquecimento do mercado voltado para tais soluções, conforme ficará mais claro adiante.

Sobre vans para viagem escolar

Talvez o exemplo mais significativo do fenômeno mencionado acima seja, justamente, o das vans para viagem escolar.

Apesar das imensas vantagens que esse serviço pode oferecer, é natural que vários cuidados devam ser tomados para garantir, não somente a funcionalidade e a praticidade dessa incumbência, mas a própria segurança das crianças que contam com ela.

Os ônibus e vans escolares precisam atuar no mercado segundo uma série de normas e leis de cunho federal e local, em conformidade com a região em que o profissional atua.

As instituições que regulam esse trabalho são, especialmente, as do DETRAN (Departamento de Trânsito) e as do próprio Código de Trânsito Brasileiro.

Seguem abaixo algumas obrigatoriedades para todo tipo de serviço envolvendo vans para viagem escolar:

  • Registros junto ao DETRAN e ao órgão local;

  • Comprovantes de inspeção semestral obrigatória;

  • Identificações visíveis de que se trata de veículo “ESCOLAR”;

  • Presença de cintos de segurança em todos os assentos;

  • Cuidados como não exceder o limite de passageiros sentados.

Sobre berçário e creche

Além dos ônibus e vans escolares, outro exemplo de serviço que gira em torno das necessidades básicas das famílias atuais é o do berçario e creche.

Aliás, tais serviços de cuidado estão diretamente ligados ao transporte das crianças, que saem de casa, geralmente, no primeiro período do dia a fim de passarem metade do dia, às vezes uma jornada completa, aos cuidados de terceiros em instituições e empresas que prestam tal serviço.

Conforme citado na introdução, atualmente a mãe que atua no mercado de trabalho se vê obrigada a recorrer ao berçário e creche pouco tempo depois do parto, mais especificamente quando se dá o fim da licença-maternidade.

Este direito tem duração de seis meses, podendo ser iniciado alguns meses antes do parto; neste caso, não restará, após o nascimento, mais que três ou quatro meses de tempo útil da mãe com o recém-nascido.

Em caso tão delicado, o indicado é que os pais sigam algumas dicas básicas para garantir que o serviço prestado será não apenas eficiente, mas também idôneo e de segurança.

Apesar de óbvias, algumas indicações podem passar despercebidas, sobretudo quando se considera que tal serviço não será acionado às vezes, mas diariamente. Quais sejam as principais dicas:

  • Pedir a referência de pais que já contrataram tais serviços;

  • Visitar o local e averiguar qual a rotina aplicada ali;

  • Considerar o orçamento mensal em relação à renda familiar;

  • A distância em relação ao domicílio e trabalho dos familiares.

Sobre atelier de moda infantil

Também é interessante notar, à guisa de curiosidade, que não são apenas produtos e serviços mais imediatos ou fundamentais que crescem com a carência atual das famílias, como vans escolares e creches, mas também alguns nichos conhecidos como a boutique ou atelier de moda infantil.

Quando se fala em roupas para o dia a dia das crianças, há situações em que os ateliês e boutiques de moda infantil se tornam acessível e aconselhável para todas as famílias.

Trata-se das situações de datas especiais, como festas e celebrações. Também esse segmento tem crescido bastante no Brasil.

Interessante

De fato, têm-se aí dois universos. Um é o da educação infantil, em torno do qual giram serviços e produtos básicos que vão de uniformes escolares a vans e creches. O outro, referido logo acima, é o do lazer das crianças.

Ambos são fundamentais e têm crescido, consideravelmente, nos últimos anos. A tendência é seguir com tal aquecimento, o que gera empregos e movimenta a economia do país como um todo.

Leave a Comment