seo

Aprendendo melhor sobre SEO

Empresas no Brasil e no mundo investem cada vez mais em marketing digital.

De acordo com a pesquisa Content Trends 2017, quase 70% dos negócios que ainda não trabalham com marketing de conteúdo pretendem começar a fazê-lo.

Além disso, conforme o levantamento E-commerce Trends, as lojas online que têm um blog e publicam nele periodicamente tem três vezes mais visitas e 2,5 vezes mais clientes do que aquelas que não o fazem.

No entanto, para que as estratégias voltados ao meio digital funcionem, é preciso que a empresa adote boas práticas de SEO.

Se você não sabe o que é isso, continue lendo este post e você descobrirá por que essa técnica é importante e como colocá-la em prática. Confira:

O que é SEO?

Dados apontam que, todos os dias, são feitas milhões de buscas no Google.

Destas, uma fatia considerável está relacionada à produtos e serviços, com o objetivo de obter informações e comparar preços. O mesmo se repete em outros buscadores da internet, como Bing e Yahoo.

Por conta disso, estar bem posicionado (ou seja, aparecer entre os primeiros resultados) quando alguém procura pelo produto ou serviço que você oferece é uma ótima maneira de se conquistar mais clientes.

Trata-se do Search Engine Optimization, ou otimização de mecanismos de busca, em português.

Para que serve o SEO?

Por mais que o objetivo dessa técnica seja estar sempre no topo dos resultados de um site de busca, o atingimento desta meta traz inúmeros benefícios ao estabelecimento.

O principal deles é também o que os empresários sempre querem fazer: vender mais.

Afinal, se o seu produto for o primeiro resultado de uma página de busca, a chance de que o cliente compre de você e não do concorrente cresce.

Da mesma forma, essa técnica promove algo importante para negócios em geral: o brand awareness, ou consciência de marca.

Trata-se de se posicionar estrategicamente na mente do público, de modo que, caso ele precise de seu produto ou serviço futuramente, ele vá até você, e não ao concorrente.

Como fazer um bom SEO?

Os mecanismos de buscas jamais revelaram a totalidade dos critérios avaliados por seus algoritmos.

Consequentemente, ninguém sabe exatamente o que tem que ser feito para que uma página atinja boas posições nos resultados.

Porém, o uso de ferramentas de Web Analytics e a prática dos profissionais da área fez com que o setor adotasse um conjunto de ações que reconhecidamente melhoram o desempenho de um site nas buscas.

Confira alguns deles a seguir:

Produção de conteúdo de qualidade

As pessoas navegam pela internet em busca de conteúdo, seja ele escrito ou em vídeo.

Como todos estamos consumindo conteúdo de maneira praticamente ininterrupta, ter um blog e publicar postagens de qualidade é o primeiro passo em direção a um bom posicionamento.

No entanto, é importante ter em mente que você não deve se limitar às tradicionais publicações escritas. Também é preciso investir em modelos alternativos, tais como:

  • Infográficos;

  • Vídeos;

  • Webinars;

  • eBooks;

  • Whitepapers.

Assim, você oferece ao público várias maneiras de se engajar com a sua marca.

Link building

A internet consiste em um conjunto de páginas e conteúdos entrelaçados, por meio dos links. Por conta disso, é natural assumir que esse seja um fator determinante para o ranqueamento de uma página.

Consequentemente, é fundamental adotar ações como a de um profissional link builder.

Entre as medidas realizadas, pode-se destacar o ato de conectar sua página à outras que sejam relevantes em seu nicho.

Com isso, o algoritmo do mecanismo notará o relacionamento entre ambas, atribuindo uma boa reputação à elas.

Entretanto, é preciso ter em mente que uma estratégia do tipo exige tempo e paciência.

Por mais que seja possível comprar links ou até mesmo usar diretórios falsos para tal, essas ações não são bem-vindas pelos mecanismos, podendo acarretar em punição.

Web design otimizado

Por mais que o building link de uma página seja bem feito, ela não chegará a lugar algum caso o seu design seja ruim.

Por conta disso, ele também deve ser otimizado.

Na prática, isso significa elaborar páginas simples, com poucos elementos e códigos limpos.

Tudo isso colabora com a queda do tempo de carregamento, e, consequentemente, com uma melhora no ranqueamento dos mecanismos de buscas.

Leave a Comment