negócios texteis

Abertura de negócios em fábrica têxtil

Quando se pensa na abertura de negócios, quase sempre nos referimos à setores comerciais, que envolvem lojas com venda de produtos ou ainda no oferecimento de serviços.

No entanto, nenhum desses setores podem funcionar adequadamente e até mesmo serem feitos sem a existência da indústria. Afinal, o segmento industrial também é um tipo de negócio.

Inclusive, há setores industriais muito lucrativos e que contam com grande demanda de serviços. Um deles é o da indústria têxtil, isso porque ela atende um grande mercado – que vai desde a produção de camisas personalizadas para revenda, até uniformes profissionais ou personalizados.

No Brasil, o setor da indústria têxtil é extenso e figura entre um dos principais mercados mundiais. Mais ainda, o mercado da moda e da confecção como um todo tem se expandido com o aumento da qualificação da mão de obra e o advento da tecnologia, que permite a automação de processos em grande escala.

Contudo, como muitos ainda podem ter dúvidas a respeito de como começar um negócio desse tipo, esse texto trará os pontos necessários e esclarecer dúvidas desde a produção de tecidos crus, até a produção de uniformes profissionais em brim, jeans, algodão, entre outros. Confira!

O passo a passo para montar uma indústria têxtil

Há alguns pontos importantes para empreender no ramo industrial têxtil que vai desde o conhecimento do segmento até o processo de escolha e manutenção de máquinas. Verifique na lista abaixo os pontos principais para o funcionamento de uma indústria e que abordaremos neste artigo:

  • Definir o segmento têxtil;
  • Escolher a localização da indústria;
  • Verificar a estrutura dos negócios;
  • Uso de equipamentos e máquinas.

1. Definir o segmento dos negócios

O primeiro ponto é a definição do segmento pois cada tipo de indústria têxtil apresenta especificações, o que pode ocasionar demandas diferentes. Mais ainda, a especialização traz diversos benefícios para a expansão e divulgação de seu estabelecimento.

Entre as possibilidades de investimento na confecção têxtil pode-se destacar: moda infantil, juvenil, feminina, masculina, confecção de roupas íntimas, cama, mesa, banho, moda de praia e uniformes.

Cada um desses segmentos possuem subtipos, como a produção de camisetas personalizadas para revenda, roupas sociais, casuais, entre outras.

2. Localização da fábrica

Outro ponto importante para o desenvolvimento de uma indústria têxtil é o local em que ela será instalada, pois esse fator determinará a possibilidade de sucesso de sua indústria.

Para a definição do local dos negócios é importante levar em consideração alguns pontos como a facilidade do acesso para os fornecedores, ser um local seguro, a facilidade de limpeza e de visibilidade.

Outro ponto extremamente importante é que se sua indústria estiver em um galpao campinas, ou outra região, é necessário certificar se há disponibilidade de serviços essenciais como esgoto, energia elétrica, internet e, claro, acesso a água limpa – independentemente de ser imóvel de locação ou compra.

Além disso, há outros pontos que demandam atenção, como o espaço para carga e descarga, estacionamento e se a área está legalizada para instalação de uma indústria.

3. Estruturando os negócios

A estrutura de uma indústria têxtil vai muito além de procurar um galpão para alugar em campinas e, mesmo que esse seja um ponto determinante, é preciso saber como o espaço nesse galpão se organizará.

Desse modo, é essencial que o empreendimento industrial conte com alguns processos.

Nesse sentido é imprescindível que o local tenha uma área de produção que conte com os segmentos de corte, costura, planejamento, produtos de molde e prontos, assim como aqueles que já estão disponíveis para a entrega (com separação por local).

Depois disso, há ainda área de atendimento aos clientes e a área comercial, seja em pontos de comércios ou parceiros para revenda camisetas personalizadas.

Há também a área financeira e administrativa, responsáveis pela organização do seu empreendimento e por seu consequente sucesso. Nesses setores é possível realizar a divisão em segmentos como contas a pagar, compras e cobranças.

Por fim, uma atividade técnica como desenhos, modelagem e amostras pode ser interessante para otimizar o negócio e desenvolver sua própria linha de modelagem.

4. Máquinas e equipamentos

Trataremos agora das máquinas e equipamentos que ajudam na produção desses negócios, permitindo agilidade nas linhas de montagem e garantindo a qualidade e padronização das peças.

Pode-se citar como máquinas imprescindíveis da indústria têxtil:

  • Máquinas de costura, como overlock, interloc, reta industrial, zig-zag e refiladora.
  • Opções de acabamento como galoneira, máquinas de fusionar, de travete e de pregar botões e ilhoses.
  • Ferros a vapor e passadeiras a vapor industrial.

Para além das máquinas, que garantem o funcionamento da produção é preciso destacar o uso de móveis e itens que também são utilizados no setor para armazenamento, apoio e direcionados para a realização dos serviços.

Nesse contexto podemos citar as mesas, caseadeira e de abrir costura, apoio para embalagem e também um suporte para etiquetagem.

Por fim, os materiais que compõem as peças deve ser comprados em fornecedores de qualidade e envolvem desde os fios e tecidos como também botões, embalagens, zíperes e etiquetas.

Assim, como todo negócio, é importante investir em uma equipe altamente capacitada, para que sua produção tenha sucesso e suas vendas aumentem.

Isso porque, por ser bem rentável e crescer em grande escala no mundo inteiro, o grande mercado de confecção e moda apresenta certa concorrência de mercado. Desse modo, é imprescindível mostrar diferenciais em seu negócio para garantir produtos de extrema qualidade para se destacar no mercado.

Leave a Comment