Man tapping laptop keyboard and search page on computer touch screen. Concept Searching new job. Copy space.

7 erros mais comuns dos anúncios pagos do Google

Neste post vamos levar você para descobrir os 10 maiores erros cometidos no SEM, como é mais conhecido os anúncios pagos do Google. Esses 10 erros podem custar-lhe o sucesso das campanhas ou da sua carreira, por isso preparamos este conteúdo para ajudar você a evitá-los.

O SEM ou Marketing para mecanismo de busca, consiste em um conjunto de estratégias para otimizar os mecanismos de busca (SEO).

Para você entender melhor confira este exemplo:

Quando pesquisamos no Google “Clínica oftalmológica em Jundiaí” os primeiros anúncios que aparecerão, serão os anúncios pagos ou links patrocinados como são conhecidos, e logo após os orgânicos, aqueles que o Google, acredita ter credibilidade e relevância, para indicar a você.

1. Utilizar apenas um tipo de correspondência

Usar apenas a ampla concorrência (tradicional) como seu único tipo de correspondência é um grande erro. Essa estratégia com certeza trás resultados, porém é preciso saber quando aplicá-la.

O resultado das palavras-chave devem sempre ser avaliados, a busca por frase ou palavra exata também são ferramentas poderosas, e é preciso visar esse ponto para chegar ao sucesso.

Dentro do SEM, ainda não vi um motivo para não executar a correspondência exata em conjunto com a frase ou correspondência ampla. Use-o para pesquisar consultas relevantes.

Sem mencionar que a correspondência exata terá maior relevância do que jogar os dados e esperar que a correspondência ampla não estrague tudo para você aqui.

2. Não fazer SEM em conjunto com SEO

Inúmeras vezes, se tem visto operações de geração de leads querendo um rápido sucesso usando uma campanha de SEM para uma página, entretanto é preciso usar as técnicas de SEO.

Utilize SEM para o volume rápido e use SEO para o tráfego de longo prazo. Assim, você não dependerá tanto do SEM a longo prazo. Você não precisa gastar tanto em SEM se fizer SEO com ele, o blog de um neurocirurgião em Nova Friburgo por exemplo, terá grandes resultados com um SEO de qualidade, tanto quanto com o SEM.

3. Não controlar seus gastos

Sempre tenha um orçamento definido para a duração do seu flight de mídia. Você sempre pode voltar e ajustá-lo. Mas, assim, você sabe quanto deve ser gasto e quando.
Isso irá mantê-lo no caminho certo, mas mais ainda, ajuda a evitar que você gaste o valor do orçamento de um mês em três dias.

Planeje com a sua equipe os gastos diários, semanais e mensais. Acompanhe o retorno dos seus investimentos. Faça anúncios pagos, com responsabilidade.

4. Não utilizar palavras chaves negativas

Existem ótimos fornecedores de listas de palavras-chave negativas.

Podemos fazer um argumento semelhante contra a inserção dinâmica de palavras-chave, em palavras-chave de correspondência não exata.

5. Recomendações dos mecanismos desordenadas

Quando se trata das recomendações de mecanismo frequentemente associadas a “Pontuação de otimização”, nesse caso funciona de forma diferente.

Sim, às vezes essas sugestões podem ajudar a descobrir onde está faltando um anúncio ou uma palavra-chave. Mas depois disso, é uma questão de cuidado com o comprador.
Esses sistemas são artificialmente inteligentes, suponha que você tenha todo o acompanhamento devidamente configurado e não leve em consideração as nuances de suas campanhas.

Se mesmo assim não se sentir seguro em relação a utilização das palavras-chave você pode contratar uma agência especialista em Google para ajudar você com todo esse trabalho.

6. Pouco tempo para execução de estratégia

Executar estratégias, colocar em prática suas novas táticas é incrível e uma ótima coisa a se fazer. Afastar-se deles rapidamente, não é.
Este é um erro bastante comum entre novatos e profissionais experientes. Se trabalhar em cima de um conteúdo para uma clínica de alergia no Rio de Janeiro, por exemplo, é preciso gerar as estratégias e liberar um tempo para que aconteçam os resultados.

Lançamos uma nova estratégia de lances, mas em um dia (às vezes menos), o CPC está fora de controle. Você cede à sua reação automática e desabilita a regra, não faça isso.
Qualquer estratégia automatizada (estratégia, não regra, lembre-se disso) leva tempo para ser aprendida. Dependendo do volume, a estratégia pode levar até duas semanas de aprendizado para atingir seu ritmo, isso é comum com qualquer estratégia.

7. Estruturação incorreta da conta

Uma estrutura ruim pode custar tempo, dinheiro e receita.
Há diversas maneiras de criar uma conta para maximizar a oportunidade, o retorno etc.

Eles geralmente incluem:

Marca e não marca em campanhas autônomas;
Separação de tipos de correspondência em nível de campanha ou grupo de anúncios;
Separação de dispositivos em nível de campanha ou grupo de anúncios;
Segmentação por dados demográficos;
Orçamentos diários em vez de orçamentos de campanha;
Listas de palavras-chave/canais negativos em vez de listas individuais.
Considerações finais

Como pudemos ver, ao longo deste conteúdo esses 7 erros são muito comuns, e costumam ser praticados com frequência, por isso se atente às estratégias e dicas, além de sempre se preocupar em seguir as regras. Faça anúncios pagos, mas com responsabilidade.

O SEM ajuda muito o seu conteúdo a se desenvolver e ganhar espaço, aproveite essa ferramenta para crescer ainda mais seu negócio/ideia/marca.

Texto escrito por Monique Horrana do Kop Animado.

Leave a Comment