White cat lies on woman's knees

7 dicas de marketing para pet shop

É comum que as empresas, em especial as pequenas e médias, enxerguem o investimento em marketing como desnecessário ou passível de corte em caso de necessidade – um erro que pode ser determinante para o sucesso do negócio. No Brasil, onde o mercado pet espera faturar até R$ 40 bilhões em 2020, a concorrência é grande. E o marketing para pet shop é essencial para ser visto, lembrado e consumido.

Mesmo com o mercado em amplo crescimento não se pode contar somente com a sorte. Apesar de a crise instaurada esse ano devido à pandemia não ter afetado o segmento dos bichinhos, é preciso ter atenção para garantir seu lugar ao sol e oferecer mais do que produtos e serviços de qualidade, mas também experiências positivas.

Veja como fazer marketing para pet shop

Tutores de pets não medem recursos para mimar seus bichinhos.

Brinquedos, roupinhas, petiscos especiais, tratamentos de spa, banhos e tosas diferenciados estão entre os produtos e serviços mais consumidos, e a qualidade dita as regras na propaganda boca a boca.

Saiba como ir além das recomendações e se destacar frente à concorrência!

  1. Use (e abuse – com moderação) dos recursos do Instagram

O Instagram conta hoje com 1 bilhão de usuários ativos por mês e é a 5ª rede social mais popular do mundo. Para o mercado pet, a plataforma é a mais indicada, pois oferece uma série de recursos que permitem divulgar seu negócio de forma divertida e diferenciada.

Feed orgânico, stories, Reels e lojinha são excelentes opções e cada uma deve ter seu conteúdo próprio.

Enquanto o feed pode contar com publicações sobre informações importantes como saber com quantos meses o cachorro pode tomar banho, outras sobre os produtos e serviços, que levem o usuário para a loja do Instagram para que faça suas compras, os stories podem mostrar o dia a dia da empresa e explicações mais detalhadas sobre promoções, uso dos produtos, realização dos serviços, etc. É também nos stories que você vai repostar as publicações e stories que seus clientes fizerem!

Já o Reels desponta como uma forma de realizar vídeos curtos e divertidos para mostrar um lado menos engessado e mais despojado da sua empresa para o consumidor. Não deixe de explorar essa ferramenta caso queira bombar seu perfil.

2. Faça parcerias com outras empresas

Muitas empresas deixam de fazer parcerias por receio de dividir lucros e atenções, mas isso é uma besteira!

As parcerias agregam muito aos negócios e ampliam a rede de contatos, além de permitir uma troca de divulgações e o preenchimento de lacunas.

Por exemplo, digamos que sua pet shop ofereça produtos para alívio da ansiedade de separação. Você pode fechar uma parceria com um profissional especializado em comportamento animal para que ele indique seu negócio e vice-versa, e assim vocês possam somar à cartela de clientes um do outro.

O mesmo pode ser feito com um hotel para cachorro em Guarulhos, por exemplo, e creche para pets, ONGs, entre outros.

3. Invista em um bom site com e-commerce

Um site responsivo, funcional e interativo é o mínimo que você precisa para mostrar que seu negócio é de confiança. Mas além disso é essencial que seu site tenha navegabilidade, legibilidade, acessibilidade e um bom ranqueamento no Google, com bom uso do SEO e manutenção constante.

O e-commerce deve ser impecável para garantir que seus clientes voltem a comprar. Ofereça boas descrições dos produtos, recomendações dos usuários, diferentes formas de pagamento e respostas rápidas.

4.Ofereça cupons de desconto

Os cupons de desconto são uma febre! Crie diferentes opções, como um cupom de desconto para primeira compra no site e um cupom de desconto para primeira compra na loja física, além de promoções esporádicas e sem aviso prévio para manter seus clientes atentos às novidades e acompanhando sua marca.

5.Realize atendimento via redes sociais

Hoje em dia ninguém mais pega o telefone para tirar uma dúvida. As pessoas buscam praticidade, e isso também vale para o marketing para pet shop!

Por isso, mantenha atenção constante ao direct do Instagram e inbox do Facebook – e principalmente, tenha uma conta no WhatsApp Business!

Se possível, conte com uma pessoa da empresa para cuidar somente desse atendimento. Pode parecer um investimento desnecessário, mas responder e estar presente faz toda a diferença para o consumidor, que gosta de se sentir acolhido e busca cada vez mais por soluções rápidas.

Essa pessoa também será essencial no caso da próxima estratégia!

6.Invista no pós-venda

Quer fidelizar o consumidor? Então ofereça o melhor pós-venda que ele já viu!

Entre em contato depois da compra, seja ela física ou online, e pergunte o que ele achou do produto ou serviço.

Questione sobre o atendimento recebido, seu nível de satisfação e possíveis sugestões para sua empresa. Para fechar com chave de ouro, ofereça um cupom de desconto ou um brinde para sua próxima compra.

7.Conheça os influencers do mercado pet

Já ouviu falar na Estopinha? E no Bono, o Cão Surfista? E na dupla Bob & Marley? Esses são os pets influencers brasileiros, que contam com uma enorme base de seguidores nas redes sociais e realizam parcerias com diversas empresas para promover seus negócios.

No marketing para pet shop, esses influenciadores são essenciais! Conheça os que estão mais próximos de você e informe-se sobre como enviar mimos e fazer negócios com esses gigantes das redes sociais.

 

Leave a Comment