investimentos

Veja dicas para melhorar a produtividade da equipe

Ter uma equipe altamente produtiva não é uma tarefa fácil de alcançar, pois a gestão de talentos é complexa e muitas vezes negligenciada. Por isso, atenção especial deve ser dada à produtividade de uma equipe, principalmente quando se trata de aproximar os colaboradores da cultura da empresa em que trabalham.
Nesse sentido, o texto a seguir explora as causas das ineficiências dos funcionários, buscando mostrar soluções para esses problemas.

Principais problemas que dificultam a produtividade

Nas empresas, especialmente nas startups, há vários problemas que podem afetar a produtividade da equipe

1) Ruídos na comunicação interna

Neste tipo de situação, ocorrem interferências que dificultam a execução dos trabalhos de forma ordenada. Ou seja, em uma empresa que realiza serviços de construção de condomínio residencial por exemplo, e há ruído na comunicação, a empresa não consegue manter a harmonia entre marketing, atendimento, gestão, etc.
Isso faz com que partes de uma organização acabem operando individualmente sem saber como as ações de cada parte interferem no trabalho da outra, resultando em custos significativos de tempo e dinheiro.

2) Ferro e Aço Relações Trabalhistas

Em muitas empresas, principalmente aquelas com estruturas gerenciais mais antigas e conservadoras, a forma como a relação de trabalho é conduzida pode prejudicar a recuperação dos empregados.
De fato, uma indústria de fábrica de telha térmica, por exemplo, impedirá mudanças nos processos do produto, o que pode beneficiar a empresa. Além disso, a dificuldade em estar aberto a novas ideias torna o ambiente de trabalho desconfortável e sério para os colaboradores, dificultando seu crescimento criativo e profissional.

Por esta razão, um grande número de organizações enfrenta problemas de rotatividade (taxa de rotatividade de pessoal) e seus funcionários são demitidos.

3) Ambiente de trabalho desorganizado

Esse fenômeno pode vir tanto do gerente quanto de outros funcionários da empresa. A desorganização do ambiente de trabalho pode dificultar a realização de tarefas e, assim, afetar a produtividade do departamento.

Ações consideradas desorganizadas ocorrem por falta de planejamento mental. Entre eles estão:

  • Perda de documentos importantes;
  • Esqueceu o projeto;
  • Demora no envio de relatórios;
  • Emissão de recibos e pagamentos;
  • E muito mais.

Como resolver esses problemas?

A boa notícia é que existem várias maneiras de superar esses problemas e trazer a produtividade da empresa de volta ao primeiro plano.

1) Investir em estratégias de comunicação interna

Para melhorar a integração entre as diversas partes que existem em uma empresa, é necessário investir tanto em estratégias quanto em técnicas de comunicação interna, tais como:

  • Software organizacional;
  • reuniões;
  • Outdoors;
  • e-mails;
  • E muito mais.

Com esse hábito, por exemplo, os funcionários de uma indústria  de distribuidor de etiquetas adesivas ficarão a par de tudo o que está acontecendo na empresa. Isso permite que os funcionários desenvolvam confiança com colegas e superiores, ajudando a construir relacionamentos e melhorar a produtividade.

2) Tornar o ambiente de trabalho mais agradável e acolhedor

Quase como consequência do item anterior, desenvolver uma comunicação mais eficaz em ambiente empresarial permite que os colaboradores tenham voz e autonomia. Fazer com que suas ideias, sugestões e sugestões sejam ouvidas é um grande passo para que os funcionários se sintam mais à vontade no trabalho.
Além disso, proporcionar momentos de descontração, abrir portas para o respeito às diferenças e outras ações podem fazer com que um funcionário se sinta importante e acolhido pela sua empresa, mantendo-o motivado.

3) Oferecer cursos e congressos

Essas ferramentas são necessárias não só para melhorar a organização das tarefas dos funcionários, mas também para treiná-los diante de novas situações e problemas, que podem surgir no trabalho.

Assim, poderia ser oferecido um curso aos funcionários de uma fabricante de bobina de papel kraft, por exemplo, para apresentá-los a uma nova tecnologia na área de comunicação visual.

Desta forma, alcança-se não só o desenvolvimento profissional do trabalhador, mas também o seu compromisso mais profundo com a atividade que exerce, pois a formação demonstra a importância de uma pessoa na empresa em que trabalha.

empreender

Dicas essenciais de uma boa gestão administrativa

Para que uma empresa se desenvolva de forma sustentável, vários aspectos devem estar harmonizados, principalmente em termos de governança. O campo da gestão administrativa está basicamente preocupado com a organização funcional e é um campo que inclui questões financeiras. Em alguns casos, as empresas escolhem diferentes especialistas para organizar e rastrear os dados. De qualquer forma, é importante que o gestor cuide de atividades como:

  • Motivar os colaboradores da área administrativa;
  • Organização de recursos;
  • Pesquisar e implementar soluções;
  • Análise situacional para prevenir problemas.

Devido às atividades desenvolvidas como em outras áreas da empresa, é interessante que o profissional seja responsável, tenha boa comunicação e seja entusiasmado com a organização. Afinal, muitas informações confidenciais e críticas para os negócios serão processadas. Por esse motivo, é um campo abrangente que pode envolver a aplicação de diferentes áreas do conhecimento, desde a contabilidade até a parte jurídica.

Por exemplo, se uma empresa oferece serviços como filmagem com drone profissional, como brindes personalizados para feiras e corte de chapas a laser, e deseja investir em novas estratégias para impulsionar as vendas, deve haver um ajuste entre gestão financeira e administrativa, bem como outras áreas do negócio, para que tudo fique sob controle.

Práticas que podem melhorar a gestão

Antes de mais nada, é importante ressaltar que a organização é a base de qualquer procedimento envolvido na gestão de uma empresa, desde a gestão de pessoas até a gestão financeira. Com os processos administrativos não é diferente, para obter os resultados desejados é interessante colocar em prática um plano estratégico claro e preciso.

Há necessidade de gestão no dia a dia, bem como separação de áreas que devem ser avaliadas para definir cada objetivo corporativo. No entanto, não basta um planejamento metódico, mas também é preciso ter cuidado no processo de implantação, sempre analisar para fazer os ajustes necessários de acordo com a situação do mercado e as necessidades da empresa.

A ausência de controles efetivos e a completa desorganização do perímetro administrativo podem gerar sérios efeitos na estabilidade de qualquer empresa. Apesar de ser classificado como um problema geral conseguir lidar com essa situação, vale ressaltar que a busca por conhecimento e aprimoramento é constante.

Além dessas práticas, é muito importante que o empresário se comprometa a separar adequadamente as contas, pessoas e despesas da empresa, pois esse é o tipo de situação que pode gerar sérios problemas na gestão. É interessante que existam valores mensais fixos para os responsáveis ​​pela empresa, dessa forma pode-se estabelecer um melhor controle.

 

Vantagens da automação de processos

A automação está ocupando cada vez mais espaço em algumas áreas e a principal vantagem desse tipo de modificação é o aumento de produtividade, que pode estar relacionado a melhor qualidade e menores custos. Portanto, encontrar um software de gestão específico reduz muito o tempo gasto em algumas tarefas, além de permitir o acesso às informações de forma mais prática.

Ao selecionar o software, vários atributos devem ser considerados, incluindo reputação do fornecedor e testabilidade. Além de pesquisar minuciosamente as opções, é preciso considerar facilidade de uso, suporte terceirizado, recursos de integração, atualizações necessárias e relação custo-benefício. Existem opções que podem ser usadas separadamente, por exemplo, programas específicos para criar e controlar um plano de negócios, coordenar equipes e controlar a qualidade.

A tecnologia tem potencial para ser uma grande aliada para o ambiente administrativo, não só quando se trata de software, mas também de componentes eletrônicos que melhoram processos antes totalmente manuais. Nesse caso, pode ser necessário diferenciar o treinamento da equipe para lidar com os sistemas utilizados.

Assim, percebe-se que, com recursos adequados, é possível melhorar a eficiência operacional da gestão administrativa e, com isso, obter um desenvolvimento cada vez mais ativo da empresa de acordo com os parâmetros já estabelecidos, metas e necessidades pré-estabelecidas. No entanto, é importante sempre contar com profissionais qualificados para que o crescimento do seu negócio, seja em uma empresa montadora de estandes especializadas ou no ramo de loja de roupas, não seja afetado pelas medidas adotadas.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

serviços

Dicas de marketing de conteúdo para e-commerce

Os empreendedores não podem ignorar a importância da internet, do e-commerce e de toda a esfera digital para seus negócios, principalmente quando o assunto é marketing de conteúdo

Os tópicos mais importantes hoje são marketing de conteúdo,  posicionamento de sites nos mecanismos de busca (SEO) e tráfego nas redes sociais, que discutiremos mais adiante. 

De fato, a revolução da Internet está avançando em várias áreas da vida humana, não apenas para empresários e empreendedores. 

Basta ver como a telefonia, o entretenimento e até a educação foram radicalmente reinventados por novos conceitos e práticas que se originaram no mundo digital. 

Os empreendedores que ficam para trás em novidades exigem um desempenho superior ao de seus concorrentes e podem perder seus mercados e clientes. 

 

Introdução do conceito 

Todo empreendedor já ouviu falar em marketing de conteúdo,  no entanto, ainda há muitos  que não entendem exatamente o que isso significa ou a importância de usar os recursos fornecidos. 

Essa era acabou. O “cartão de visita digital” da sua empresa está presente, e você pode obter as “novidades” do mercado digital apenas colocando-o no ar. 

Você precisa ajudar os clientes a encontrar  seu site exibindo-o da maneira certa na hora certa. 

Como ficará aparente mais tarde, isso obviamente envolve diferentes estratégias e entendimentos de “funis de vendas”, “jornadas de compra” e conceitos semelhantes. 

Antes disso, vamos supor que você venda sacolas e mochilas personalizadas ou itens normais. 

Já o fornecedor refere-se a brindes personalizados para feiras e assim por diante. 

Já seu público-alvo ou personas influenciam não apenas os usuários finais, mas também papelarias, editoras e outros compradores comerciais. 

Os métodos de acesso através do e-commerce variam muito. 

O conceito de jornada de compra se refere exatamente a esse fenômeno, e as etapas são basicamente as seguintes (do ponto de vista do consumidor): 

  •  Fase de aprendizado e descoberta; 
  •  Fase de detecção/identificação de problemas; 
  • Fase em que você acha que encontrou uma solução; 
  • Fase de  tomada de decisão de aquisição. 

 Quanto ao funil de vendas, aqui estão as etapas  (da perspectiva da marca): 

  •  Número de visitantes/interessados; 
  •  Um conjunto de ligações (contatos frios); 
  •  Quantidade de oportunidades (hot hookups); 
  •  Um conjunto consumidor/cliente.

É claro  que o e-commerce não pode depender apenas da capacidade de atingir os clientes no momento da compra. 

Você precisa saber como abordar e se comunicar com seus clientes em potencial antes que eles comprem, mesmo  antes de se tornarem “seus clientes”. 

Para os consumidores de brindes personalizados diferentes, por exemplo,  eles podem já estar buscando soluções na área de gráfica e impressão. 

Ou talvez você já tenha adquirido o pacote LDPE para fins de ilustração. Essa sigla é um tipo de plástico de baixa densidade (polietileno) que é particularmente indicado  para a indústria alimentícia, mas  também é conhecido por seu amplo uso em artesanato, decoração e manufatura em geral. 

Em suma, é um produto altamente versátil que atende a múltiplas aplicações e pode ser encontrado em diversas lojas virtuais ou físicas. 

Portanto, se o seu site não apenas vende materiais feitos de PEBD, mas também fornece informações sobre esse plástico, você atrairá a atenção de muitos usuários e lembrará que, ao comprar, você lê sobre materiais de alta qualidade. 

Não é difícil de entender. Em outras palavras, o conteúdo do site tem várias páginas que se aprofundam no material LDPE, seus benefícios etc., e, embora sem anúncios, oferece algum tipo de informação sobre embalagens, distribuidor de etiquetas adesivas e outros produtos que podem ser feitos. 

Se os leitores quiserem comprar, eles se lembrarão de você.

 

O que é marketing de conteúdo?

Tecnicamente falando, com todos os conceitos discutidos até agora, o marketing de conteúdo é simplesmente criar uma variedade de conteúdo valioso e direcioná-lo estrategicamente para setores, segmentos ou grupos de pessoas específicos, pode-se dizer que é uma técnica de marketing criada para distribuição. 

Claro, material  relevante e consistente para atrair e atingir um público bem definido com o qual as empresas/marcas precisam se comunicar com frequência. 

O objetivo desta ação pode ser planejado a médio e longo prazo e não visa necessariamente produzir uma ‘compra’ ou ‘vender’ por assim dizer, mas sim um compromisso. 

Esse envolvimento do público inicialmente significa obter curtidas em suas páginas de mídia social, deixar comentários positivos em seu site, preencher formulários para gerar leads futuros e assim por diante. 

Isso é chamado de call to action, o que significa pedir ao espectador para fazer algo. 

Em última análise, é claro, o foco está em traduzir ações em  aumento de vendas ou uso de um determinado serviço. 

Também haverá um foco no desenvolvimento de retenção e engajamento de clientes em termos de “camisas” e dobrar a empresa. 

Tudo isso pode parecer óbvio, mas não há como negar que o marketing de conteúdo já está em toda parte hoje em dia. 

Na verdade, não existe mais uma grande ou grande empresa (o chamado top of mind: uma empresa que lidera o  mercado de tal forma que surge imediatamente na mente do cliente quando surge uma necessidade relacionada a esse produto ou solução) . 

Em suma, não há benchmark que não veja esse comportamento ao nosso redor o tempo todo, nas telas de caixas de entrada de e-mail,  notebooks, tablets, celulares e muito mais.

A partir disso podemos deduzir quais são as principais formas de marketing de conteúdo:

  • Livros, periódicos e artigos;
  • Vídeo e música; 
  • Podcasts e Talk Radio; 
  • Blogs e sites de informações;
  • Infográficos em geral.

É claro que, uma vez que você entenda a essência do conceito, fica claro que existem infinitas possibilidades de aproximar seus clientes e entrar no mundo de sua marca e empresa por meio da geração de conteúdo. 

Vale ressaltar que essa estratégia também é utilizada por marcas pessoais, como artistas, treinadores, palestrantes e outros profissionais que se anunciam como os “produtos” que vendem. 

Seguindo o exemplo acima, podemos ver que grandes empresas e profissionais podem escrever livros e artigos que oferecem dicas para atrair um público sem divulgar um produto específico, e  tudo isso só vai ampliar o círculo de interesse geral para entender. 

Obras referenciadas em  conteúdo  e compradas “despretensiosas”. O mesmo se aplica a todos os outros exemplos. 

Para o mundo gráfico e editorial mencionado acima, esta é a maneira de fazê-lo. 

Eles desenvolveram um novo método de impressão em acrílico ou  tecnologia que lhes permite fazer a mesma coisa de antes, mas cada vez mais rápido para um melhor acabamento. 

Você acha que não basta apenas criar uma página com um botão “comprar” no seu site? 

 

Sobre o  marketing de conteúdo: 

O primeiro passo é abrir várias frentes como blogs, vlogs, podcasts e nova impressão em acrílico Postar um artigo sobre como para. 

Quando os funcionários interagem, criticam e fazem perguntas que geram engajamento, fortalecem os relacionamentos criando e-books sobre o tema, solicitando e-mails das pessoas e assim por diante.

Isso permite que você percorra o funil de vendas/processo de compra descrito acima e fortaleça o vínculo entre os leads e os clientes em potencial que você coleta até que eles se transformem em compradores eficazes e engajados no momento certo. 

As redes  são um excelente meio  para isso. Outra ferramenta importante é o já mencionado SEO (Search Engine Optimization).

Hoje, você pode encontrar receitas de culinária, encontrar dicas de artesanato, limpar os móveis da sua casa e, finalmente, comprar mantimentos (roupas, mantimentos, eletrodomésticos etc.)

Solicitações de serviço que facilitam a vida. Na verdade, se o seu site for “otimizado” profissionalmente (ou seja, seguindo as regras de formatação e design do mecanismo de pesquisa), você poderá ficar na frente do seu público, gerar leads e usar o  marketing de conteúdo. 

mulher

Estratégias de marketing para impulsionar sua empresa

É importante que os empreendedores percebam que desde o primeiro planejamento é necessário aderir às estratégias de marketing, pois estão intimamente ligadas à construção da imagem da empresa e à promoção de serviços e/ou produtos.

Por isso existem vários fatores a serem considerados na condução de uma empresa de usinagem de peças, principalmente quando se trata de novos empreendimentos.

Uma vez compreendida a importância das estratégias, toda empresa precisa analisar os melhores caminhos a serem explorados para as ações de marketing, o que exige a presença de especialistas na área.

Afinal, as estratégias de marketing tradicionais – também conhecidas como marketing offline – junto com as de marketing digital, têm um enorme potencial para as organizações. 

É importante que o tipo de comunicação estabelecido tenha qualidade, frequência e abrangência. Dessa forma, o público-alvo será capaz de captar e entender a mensagem que está sendo transmitida.

Como será visto ao longo do texto, existem diferenças na velocidade, alcance e outros aspectos de uma estratégia de marketing, pois esses fatores também podem influenciar na escolha da estratégia, porém diversos fatores além deste são levados em consideração.

Cada mensagem leva algum tempo para ser realmente absorvida e aceita. Justamente por isso são feitos vários estudos sobre estratégias de marketing em relação ao público-alvo e aos canais que estabelecem uma comunicação eficaz.

Sem dúvida a mensagem também deve ser clara, única e atrativa, pois é importante contribuir para a formação da visão dos consumidores sobre os seguintes temas:

  • Qualidade; 
  • Preço;
  • Diferencial; 
  • Credibilidade; 
  • Valor da empresa.

Por exemplo, uma empresa fabricante de etiquetas pode transmitir prestígio através de materiais aplicados e bom desempenho, lucros através de etiquetas personalizadas.

Além da questão que pode corresponder à diferenciação interessante no mercado, entre outras coisas, pode fazer uma marca realmente atraente para os consumidores.

Importância das estratégias tradicionais de marketing 

Decidir como divulgar seu negócio pode ser complicado no começo, mas como mencionado, é importante ter suporte profissional para resolvê-lo. Implementar as duas partes principais de uma estratégia de marketing: tradicional e digital.

Muitas dúvidas são levantadas, principalmente devido ao surgimento da internet, mas antes é preciso mencionar que ambas as opções possuem um enorme potencial para os negócios.

Claro que cada alternativa tem suas vantagens e desvantagens, além do potencial de atingir determinado público maior ou menor.

No caso do marketing tradicional, podemos dizer que são ações de comunicação destinadas a mídias offline, como mídia impressa, rádio e televisão para divulgar um produto, como caixas de papelão ondulado embalagens.

Um exemplo é a distribuição de folhetos, a utilização de banners e o desenvolvimento de campanhas televisivas.

Entre as principais vantagens dessa abordagem está o grande alcance, incluindo a capacidade de atingir um público mais antigo que pode não estar acostumado a acessar a internet, da mesma forma que as campanhas são veiculadas.

Além disso, a comunicação impressa tem a particularidade de ser tangível e muito próxima das pessoas.

Nesse sentido, as empresas podem pesquisar diferentes veículos populares, por exemplo, uma organização que trabalha com insulfilm automotivo pode apostar em folhetos em locais estratégicos para motoristas e revistas de automóveis.

Há também a possibilidade de brindes, pois uma empresa de reforma de loja pode usar determinados produtos para fidelizar o cliente, como um bloco de notas com o logotipo da empresa ou outro produto que transmita entusiasmo e profissionalismo.

Quais são as principais vantagens do marketing digital? 

Quando se trata de estratégia de marketing digital, é interessante focar no conteúdo, pois isso está diretamente ligado ao posicionamento que uma marca terá junto aos clientes ou potenciais clientes.

Uma boa credibilidade pode ser alcançada de várias maneiras, e uma das principais formas é que conteúdo bem estruturado, tratamento do cliente, apresentação da marca, possam contribuir para tornar uma marca interessante e realmente relevante para o público-alvo.

Nesse caso, os veículos explorados para utilização das estratégias foram principalmente blogs, redes sociais e sites, porém cada estratégia no ambiente digital foi incluída nesse cenário separadamente.

Alguns dos benefícios mais importantes do marketing digital incluem:

  • Segmentação;
  • Alcance;
  • Velocidade;
  • Capacidade de medição.

Por meio desse tipo de marketing, uma empresa de limpeza de vidros consegue direcionar estratégias mais precisas, que vão desde os padrões de consumo até os locais frequentados.

Basicamente envolve a facilidade de encontrar informações e os meios de fazer uma pesquisa aprofundada, indo além de classe social, cidade e faixa etária.

Além disso, uma forte presença no ambiente digital está fortemente ligada à expansão, e é importante que uma empresa tenha boa exposição, mas seja adequadamente direcionada para alcançar uma promoção efetiva.

O que contribui significativamente nesse contexto é que nas estratégias de marketing digital, as ações obtêm resultados mais rapidamente devido à praticidade dos processos.

A qualidade é muito importante, tanto nas informações fabricadas quanto nas projetadas. Uma empresa que vende camisa brim uniforme preço pode ter suas vendas potencializadas por usar imagens de alta qualidade no e-commerce.

O mesmo vale para organizações que trabalham com contêineres de escritório e em outras áreas. A falta de qualidade pode atrasar a crescente presença online de uma empresa.

Além disso, a questão da mensuração dos resultados é de grande importância, afinal, todo ato de comunicação requer algum tipo de medida para possibilitar o estudo dos resultados. 

Por meio da mensuração é possível analisar que tipo de lucro cada ação traz para a empresa. Essa é uma das principais vantagens de um ambiente digital, principalmente devido ao considerável número de ferramentas disponíveis para analisar os resultados.

Com os fatores estudados detalhadamente, é possível compreender os pontos fortes e fracos das ações realizadas. Com base nessas questões, será possível otimizar processos para alcançar resultados cada vez mais positivos, com uma base mais sólida.

Para que o marketing digital seja utilizado com sucesso na sua empresa de administração de condomínios comerciais, é fundamental investir em conteúdo de qualidade, design e plataformas compatíveis com a atuação de cada negócio. 

Hoje, as técnicas de SEO para otimização de sites são amplamente utilizadas, assim como nas estratégias de marketing de conteúdo, mas para que as vendas aumentem, a linha de comunicação deve ser muito clara.

Cuidado ao divulgar seu negócio

Nesse caso é importante estar ciente, principalmente entre os empreendedores iniciantes, que estratégias de marketing mal elaboradas podem ser bem possíveis.

Afinal, o impacto tem um poder considerável no mercado e por isso é fundamental garantir pesquisas precisas, um bom planejamento e o apoio de especialistas especializados, até mesmo para evitar danos.

Ao longo do texto foi enfatizada a importância de se ter conhecimento do público-alvo e de outras questões, mas para o público é interessante ressaltar que a segmentação é decisiva para a estruturação da estratégia.

Quando não adequada, apresenta resultado que será significativamente menor do que o esperado. O mesmo vale para os problemas abordados nas estratégias, apenas focar na marca não é suficiente.

Construir realmente um relacionamento diferenciado com os clientes pode ser um grande passo para o crescimento do negócio. Afinal, é uma forma de fornecer informações valiosas e, ao mesmo tempo, demonstrar o potencial de negócios.

Isso é algo que pode ser relevante para as estratégias de marketing de conteúdo discutidas, por exemplo, uma empresa montadora de estandes pode preparar conteúdo variados para eventos.

Contar os benefícios da contratação de uma montadora, entre outras possibilidades interessantes para potenciais clientes. Dessa forma, pode-se dizer que a comunicação deve ser fluente com linguagem adequada e temas relevantes.

Conteúdo impróprio e, sobretudo, linguagem incorreta podem gerar erros que afetam seriamente os negócios e criam ruídos na comunicação.

Este é um dos principais fatores a serem analisados ​​para uma comunicação clara. É o que serve as formas de marketing apresentadas ao longo do texto, e qualquer que seja o caminho que você tome, é fundamental ter um equilíbrio.

Com as informações apresentadas, é possível observar o potencial das estratégias de marketing tradicional e digital para os empreendedores, com foco nos recém-chegados, para alcançar o crescimento saudável das organizações.

A importância da comunicação é óbvia para atingir o público-alvo e, assim, atingir os objetivos de marketing.

negocios56

E-consumidores: redes sociais e novos comportamentos de compra

Com o surgimento de novas tecnologias como smartphones, serviços 3G e principalmente o crescimento do uso da internet, a dinâmica de diversas ações dentro da empresa começou a mudar drasticamente. E no mercado consumidor não é diferente. As redes sociais e a Internet oferecem novas formas de ver o mundo, onde as coisas acontecem em tempo real e de diferentes formas.

Nesse sentido, o comportamento do consumidor mudou devido às maravilhosas conexões proporcionadas pelas redes sociais, dando origem à chamada geração “e-consumidor”.

Portanto, o texto tratará das consequências desses atos e suas causas.

Características dos e-consumidores

Os e-consumidores são caracterizados principalmente por serem muito mais comprometidos do que os consumidores mais velhos. Isso decorre do fato de que os consumidores eletrônicos têm maior acesso às informações disponíveis na Internet, o que é inédito na história da humanidade.

Esses consumidores, portanto, vão além do simples ato de fazer uma compra: eles usam a web para pesquisar valor, comparar produtos, consultar marcas, verificar a opinião de outros, outros compradores. Nesse sentido, uma pessoa que busca um serviço de soluções de isolamento acústico para sua casa, por exemplo, pode consultar diversas fontes para escolher seu produto e marca ideal.

Essas ações exigem que as marcas estejam cada vez mais presentes na internet para não ficarem de fora de todos esses avanços. Isso tem acontecido com empresas que buscam divulgar produtos pela internet, usando a internet para publicar conteúdos interessantes, como textos informativos dando dicas de como fazer a aplicação de resina em piso de maneira correta.

Outro fato interessante é que os e-consumidores não são mais aqueles que insistem em estar em uma loja para comprar um produto: até isso se tornou digital. Lojas virtuais, marketplaces e e-commerce são a nova tendência do momento, permitindo que as pessoas comprem produtos ou aluguem serviços sem precisar sair de casa.

Esses métodos de compra são muito importantes hoje, pois possibilitam comprar em lojas que existem em diferentes cantos do mundo, abrindo as portas para serviços de entrega. Os produtos que podem ser vendidos online são os mais diversos possíveis, desde vestuário a tela para cerca.

Além disso, os consumidores eletrônicos são acima de tudo pessoas e usuários de voz ativa. Essa expressão de opinião, provocada pela proliferação de ferramentas relacionais, permite que os consumidores eletrônicos reclamem, se manifestem e elogiem uma grande variedade de públicos. Esse é o principal objetivo das redes sociais, sobre o qual o artigo falará a seguir.

A importância das redes sociais na era digital

As redes sociais, como o próprio nome sugere, são espaços desenvolvidos para estabelecer relações entre as pessoas. Isso significa que eles abriram um espaço para discutir, compartilhar informações e experiências de forma rápida e conveniente.

Os usuários às vezes seguem páginas de suas marcas favoritas nas redes sociais. Isso mostra como a conectividade com a internet criou espaço para que marcas e empresas se unissem. Assim, a comunicação das empresas não é mais unilateral como antes, baseada no discurso de mão única, mas no diálogo, no diálogo.

Isso significa que os consumidores que já possuem uma janela de visibilidade com as marcas podem utilizar ferramentas como o campo de comentários para:

  • Tirar dúvidas;
  • Enviar sugestões;
  • Dar opiniões;
  • Criar reclamações.

Essa forma de comunicação pode beneficiar tanto as empresas quanto os e-consumidores, pois, embora possam obter mais informações para suas decisões no futuro, as marcas podem saber quem são seus clientes, permitindo o desenvolvimento de estratégias mais específicas.

Por exemplo, empresas que fabricam canos de esgoto podem analisar a demanda do consumidor por meio de mensagens enviadas nas redes sociais. No futuro, essas marcas poderão usar essas informações para tomar as medidas apropriadas.

Portanto, diante dos fatos mencionados acima, parece que hoje é necessário pensar a sociedade levando em consideração sua relação com o mundo digital. Isso obriga as empresas a se adaptarem às novas realidades, agora e no futuro, para garantir sua participação no mercado e obter uma reputação diferenciada diante dos concorrentes.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Métricas importantes de SEO

Como utilizar o SEO para otimizar o seu site

O SEO (otimização dos mecanismos de busca) é o nome dado aos fatores levados em conta pelos sites de busca como Google e Bing para ranquear e organizar conteúdos virtuais no momento em que pessoas pesquisam sobre um assunto específico. 

Por isso, tais fatores são muito importantes para quem possui um site ou uma página na web, como um blog de uma empresa que trabalha com execução e manutenção de jardins.

Portanto, a página pode ficar ou não em evidência nos sites de busca dependendo do tipo de pesquisa feita pelo usuário. Nesse sentido, métodos e estratégias de SEO estão sendo utilizadas pelas empresas para melhorar a imagem de sua marca na Internet. 

Além disso, impulsionar seu site com SEO significa atrair o maior número possível de novos leads e garantir a fidelidade à sua marca. 

evento

Como aplicar o marketing de relacionamento em seu negócio

O marketing de relacionamento é uma forma de construir uma marca por meio do relacionamento com o cliente e criar credibilidade no mercado. Atualmente, temos várias marcas globais que estão desenvolvendo o marketing de relacionamento e o entendem como uma ferramenta de criação de valor. Por meio desse tipo de marketing, o atendimento personalizado, o comportamento de compra preditivo e a capacidade de surpreender os consumidores se tornam possíveis.

 

Impacto do marketing de relacionamento

No contexto de evolução tecnológica que estamos vivenciando, imagine uma grande marca desse segmento que se destaca apenas pela qualidade de seus lançamentos de produtos. Obviamente, a qualidade é um fator importante na compra de um produto, mas veremos mais adiante que só ela não é suficiente para elevar uma marca a uma posição de referência mundial em seu ramo de atuação.

Então vamos um pouco além: além da qualidade, o que torna as empresas do mesmo segmento mais ou menos desejáveis?

Para responder a essa pergunta, precisamos nos aprofundar nas possibilidades do marketing de relacionamento. O relacionamento com o cliente vai além da entrega do produto, pois não são apenas os bens ou serviços oferecidos, mas a imagem da sua marca. Assim, nesta distribuição podemos incluir um sentimento, um estado e até um modo de vida.

Não é incomum ver marcas A ou B associadas a determinados grupos, comportamentos, podendo até cruzar fronteiras culturais.

No contexto macro, high-end, o marketing de relacionamento tem espaço garantido; mas em situações mais simples esse conjunto de estratégias também passa despercebido.

Agora vamos mudar de segmento: imagine uma pequena construtora cujo objetivo é vender produtos como tubos, barra de ferro cantoneira e cabos elétricos. Pense neste caso, a empresa fornece os materiais para construir um espaço e a projeção de um lugar, seja novo ou reformado, reflete expectativas como conforto, segurança, renovação e outras sensações associadas a uma casa, por exemplo. O marketing de relacionamento será o veículo utilizado para construir relacionamentos com os clientes, capaz de promover uma imagem positiva e fidelizar estrategicamente.

 

Como iniciar um projeto de Marketing de Relacionamento?

O primeiro passo para desenvolver o marketing de relacionamento é pesquisar seu público-alvo. Entender o que o cliente deseja não se limita apenas ao presente, mas também o que ele desejará no futuro.

Uma marca especializada em marketing de relacionamento, não apenas na oferta de produtos, aponta para uma tendência. Ao estudar a personalidade do seu cliente, você entenderá para onde o mercado deve ir e investirá nele. Um exemplo disso é a produção de conteúdo relacionado aos produtos que estão sendo vendidos.

Uma empresa que presta serviços extremamente segmentados, como automação de portão duplo deslizante ou até mesmo integração de sistemas de automação, pode tornar esse tema mais envolvente e dinâmico por meio de seu conteúdo, voltado para pessoas que desejam construir casas ou diretamente para profissionais da construção. Essas pessoas precisam de material informativo sobre os principais produtos, tendências e inovações no mundo da construção, porque os envolve e fornece demanda ao mesmo tempo em que são informados. Manter um blog com esse tipo de informação é uma forma de manter os clientes em contato com a marca da empresa.

Além do conteúdo, outro ponto importante do marketing de relacionamento é o relacionamento direto com o cliente. A empresa deve estar sempre pronta para ajudar. A maioria das pessoas, principalmente no Brasil, tem tido dificuldade com o atendimento de call center ao tentar resolver o problema. O mau atendimento interfere diretamente na forma como os clientes percebem o seu negócio. Não é surpresa que grandes organizações investem pesadamente em atendimento ao cliente. Eles sabem que um momento de raiva ao telefone pode significar menos clientes.

Outras ferramentas de retenção de público incluem:

  • Cupons de fidelidade
  • Email marketing
  • SEO
  • Uso de mídia social
  • CRM
  • Pesquisa de hábitos e costumes de compra

Muitos profissionais de marketing acham que simplesmente fornecer aos clientes um produto de qualidade é suficiente para tornar sua marca conhecida no mercado; grande erro. O processo de branding é muito mais do que isso. A empatia é necessária para trabalhar a forma como os clientes veem o negócio.

 

792449

E-commerce ou Marketplace: qual é mais vantajoso para o seu site?

Comprar e vender na web via e-commerce ou marketplace é um hobby cada vez mais popular para as pessoas. Não é surpresa que, até 2021, as vendas pela Internet devem dobrar, de acordo com uma pesquisa do Google. De acordo com a empresa, a expectativa é de que as vendas atinjam a casa de 85 bilhões de reais nesse segmento.

Nesse caso, qual é a melhor plataforma para vender serviços? Como atrair mais clientes interessados ​​em determinados itens? Investir na criação de lojas virtuais tem sido uma alternativa para muitos.

Como a Internet é um enorme shopping online, não faltam maneiras de vender. E-commerce e marketplace são dois métodos muito populares nesse contexto. Para serviços ou compra de acessórios essenciais no setor de comércio, como cortinas em lona, a diversidade impera no comércio virtual. Considerando isso, basta encontrar o formato mais eficaz para expandir seus negócios.

 

Marketplace: mercado online

Um grande shopping virtual. Em poucas palavras, é assim que podemos definir o conceito de mercado. Você encontra de tudo, desde ferramentas usadas para a indústria moveleira e calçadista, até eletrônicos e eletrodomésticos. A capacidade de vendas é muito ampla.

A grande diferença entre e-commerce e marketplace é essa diversidade para os consumidores. Enquanto uma loja virtual geralmente é dedicada a apenas um site, essa nova opção permite que os clientes “passem” pelo shopping e façam compras em um único carrinho de compras. Ou seja, os internautas podem comprar instrumentos musicais, roupas, sapatos e ferramentas de uma só vez e acabam pagando por tudo.

Mas quais são as vantagens de investir nesse método? É válido para todos os sites? Para te ajudar, listamos alguns dos benefícios de investir nos mercados:

  • A visibilidade do negócio pode ser maior dependendo da plataforma;
  • O sistema separa automaticamente o valor do pedido;
  • Os consumidores têm muitas opções para comprar de muitos vendedores;
  • Cada comerciante pode interagir com os clientes individualmente;

Por outro lado, há quem defenda que o mercado pode não ser a melhor estratégia para todos os tipos de negócios. Um exemplo da vida real é que nas lojas personalizadas o posicionamento da marca é muito mais claro, enquanto o marketplace é o espaço onde as pessoas compram produtos diferentes.

Outro erro é quando a empresa deixa de ter um canal próprio de vendas para usar exclusivamente a plataforma. Isso não apenas torna a marca genérica, mas também limita a capacidade de fechar o negócio.

 

E-commerce: personalização e conveniência

Como o próprio nome sugere, e-commerce é um conceito usado para se referir ao e-commerce. O formato mais comum é a loja online. Especificamente, uma loja virtual pode ser integrada ao site de um cliente e se tornar um showroom. Além dos produtos habituais, alguns até vendem acessórios para maquina airless, por exemplo.

Os benefícios de apostar neste tipo de recurso são muitos, os principais são:

  • Prático e conveniente para os compradores;
  • Condições de pagamento facilitadas;
  • Transporte seguro;
  • Ambiente personalizado para vendas da marca;

As agências de marketing geralmente oferecem serviços de construção de comércio eletrônico com hospedagem segura. Para aumentar as vendas, o uso de técnicas de marketing digital, como otimização de SEO e layouts personalizados, faz toda a diferença.

 

E-commerce ou Marketplace?

Não existe uma fórmula exata para dizer qual plataforma obterá mais resultados em seu site. Mas contratar uma consultoria de marketing para analisar o seu negócio é uma boa forma de começar. Para quem tem produtos específicos, como barras e perfis de alumínio ou serviços especializados, o e-commerce pode ser uma ótima estratégia por ser algo mais personalizado.

No entanto, o mercado é uma boa maneira de aumentar a visibilidade, com um investimento inicial menor – isso atrai pessoas que estão começando a fazê-lo. Tudo depende do produto à venda, condições de pagamento, método de envio, hospedagem do site e setor. Mas quando se trata de vender pela internet, uma técnica pode complementar a outra, pois a web pode agradar a diferentes perfis de consumidores.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.